segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Eu gosto

Eu gosto do jeito que tu me olhas
Eu gosto do teu sorriso envergonhado
Gosto da tua boca, e tuas caras
Mas não gosto de estar apaixonado

Eu gosto de pensar que vou te ter
Eu gosto de notar tua inconstância
Gosto de sonhar, e de te ver
Mas não gosto de toda essa distância

Eu gosto de ver tuas encaradas
Eu gosto do teu jeito de disfarçar
Gosto de vê-la ali parada
Mas não gosto de ter que me afastar

Um comentário:

Carlos. Branco. disse...

Ah.

Muito bom ,
romantico,
mostra medo,
mostra amor.
Parabens.

cuidado com umas rimas.



http://opoestadeplutao.blogspot.com/
O Poeta de Plutão